INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL DO ALTO URUGUAIFACULDADE IDEAU DE GETÚLIO VARGAS

543341-6600

Você está em:

Notícias

Acadêmicos do curso de Psicologia participam do IV Congresso Internacional de Estudos do Envelhecimento Humano

Acadêmicos do curso de Psicologia participam do IV Congresso Internacional de Estudos do Envelhecimento Humano
10/05/2018

     Mais de trinta acadêmicos pertencentes aos níveis I, III, V, VII e IX do curso de Psicologia da Faculdade IDEAU, participaram do IV Congresso Internacional de Estudos do Envelhecimento Humano que focou no envelhecimento da população a nível global, bem como a diversidade do envelhecer na atualidade e a responsabilidade da sociedade como um todo no que diz respeito aos idosos longevos. O evento aconteceu nos dias 25, 26 e 27 de abril.

     Um dos pontos abordados durante o congresso foi a necessidade de se pensar no processo de envelhecimento enquanto algo natural e não patológico, levando em consideração a necessidade de se estudar e se pesquisar cada vez mais esta população. Dessa maneira, possibilita uma melhor compreensão das reais demandas, bem como encontrar alternativas para que a sociedade invista em um envelhecimento ativo e saudável.

     Os acadêmicos foram acompanhados no evento pelas professoras curso de Psicologia, Nadine Teixeira Pilotto Fabiani, Patrícia Di Francesco Longo e Vanessa Algeri, as quais puderam apreciar os doze trabalhos apresentados pelos acadêmicos do VII e IX semestre. Os trabalhos apresentados em forma de pôster foram frutos de pesquisas realizadas na disciplina de Envelhecimento Humano e no Projeto de Aperfeiçoamento Teórico e Prático.

     Durante o evento, a professora Vanessa Algeri participou de uma roda de conversa, onde o tema discutido foi: Conversando sobre demências. Esta atividade aconteceu no dia 26 de abril, tendo como público, em torno de 1000 pessoas, entre profissionais e estudantes.  Na ocasião, a professora Vanessa pôde expressar suas vivências e experiências profissionais referentes ao tema. Ela abordou pautas ligadas, principalmente, a Saúde Pública, “As demências, hoje, não são alvo de preocupação e investimento de cuidado por parte dos profissionais da saúde, sendo um dos motivos, a falta de conhecimento sobre o tema”. Salientou ainda que, “infelizmente os profissionais da saúde atuam conforme a demanda, não planejando e avaliando necessidades de acordo com o território. Se houvesse planejamento iríamos perceber o envelhecimento da população e o aumento significativo das demências, bem como o seu impacto nas famílias e sociedade”.

     O Congresso foi importante para os acadêmicos na medida em que explana análises e alternativas, inclusive do cenário internacional, "Achei muito valida a oportunidade de participar, pois o congresso tratou de assuntos relevantes frente ao cenário do envelhecimento, principalmente quando se pode vislumbrar as alternativas que outros países tem criado para lidar com suas dificuldades." Comenta Daniela Andreolla, aluna do VII semestre.

     Para a aluna Itamara S. Ferreira, do III semestre, "O congresso foi um experiência reflexiva, mostrou que já temos um breve conhecimento sobre o envelhecimento. Percebemos que a longevidade não é um simples dado que apareceu no Brasil, mas sim, está ocorrendo em todo o mundo e quanto é crescente o interesse dos pesquisadores sobre esta temática, já que mais de mil pessoas participaram deste congresso", avalia a aluna.

ISO 9001