543341-6600

Você está em:

Notícias

Acadêmicas do Curso de Pedagogia II da Faculdade IDEAU realizam 1º Campeonato de Cinco Marias IDEAU

Acadêmicas do Curso de Pedagogia II da Faculdade IDEAU realizam 1º Campeonato de Cinco Marias IDEAU
11/10/2017

Os jogos e as brincadeiras são partes fundamentais da cultura corporal, e através delas nos apropriamos de diferentes manifestações culturais da nossa cultura de origem, que integram nossa personalidade e identidade nacional, sempre de forma lúdica. Essas brincadeiras devem servir para ampliar as fronteiras dos alunos, permitindo novas experiências de vida, respeitando o contexto social, proporcionando o conhecimento da cultura e promovendo a autonomia e a liberdade (GALLARDO, 2003).

Exemplo disso é o Jogo das 5 Marias, que, apesar de não se saber ao certo sua origem, era jogado no Império Romano, conhecido como Jogo dos Ossinhos, por se usar ossos. Era chamado pelosgregos de Astragalissimo, e pelos romanos, de Pentalia, por ser jogado com cinco tentos. Folcloristas afirmam que o mesmo tem mais de 20 séculos. No Brasil, a brincadeira veio possivelmente com os portugueses durante o período de colonização. Isso pode também explicar o nome de cinco Marias, já que os portugueses eram católicos (CASCUDO, ).

A disciplina de Recreação e Lazer do 2º Nível de Pedagogia da Faculdades IDEAU, tem como um dos seus objetivos contextualizar a recreação e o lazer ao longo da história, reforçando a importância do pedagogo para incentivar o uso de atividades práticas e lúdicas com os alunos, independente da faixa etária, buscando o desenvolvimento integral dos mesmos.

Para atingir seus objetivos, entre as atividades do Semestre, a professora da disciplina, Marcia Zani Botton, juntamente com as alunas da Pedagogia 2017/1, Nível II, realizaram no dia 10 de outubro de 2017 o 1º Campeonato das 5 Marias do IDEAU. Para isso, primeiramente entraram em contato com a coordenação do curso de Pedagogia e demais professores das outras turmas de Pedagogia. Como a disciplina de Recreação e Lazer é trabalhada também no curso de Educação Física, para o campeonato foram convidadas as turmas de Pedagogia e Educação Física.

Após montar o regulamento e realizar as inscrições, na noite do dia 10 de outubro foi realizado o Campeonato, com a inscrição de 10 equipes e premiação das primeiras três colocadas. No ato de inscrição, cada equipe pagava R$5,00. Com o dinheiro arrecadado, foi comprada a premiação para os três primeiros colocados. E, com o apoio do DCE foram doados cadernos e blocos para 1º e 2º lugar. As equipes que ficaram em 1º, 2º e 3º lugar receberam certificado de participação.

No ato de inscrição, as equipes ganhavam o regulamento e, uma das cláusulas era que cada equipe deveria confeccionar suas 5 Marias que após o campeonato seriam doados para uma escola.

Segundo a Coordenadora do Curso de Pedagogia, Gisele Maria Tonin da Costa, apoiadora e participante do evento, “São muitos os jogos e brincadeiras queultrapassaram o tempo e permanecem vivos na memória de todos nós. As brincadeiras de antigamente trazem, em sua bagagem cultural, suas técnicas e regras, que são transmitidas de geração a geração pelos pais e avós, junto ao resgate da convivência, da ternura, dos momentos felizes, de sua História através dos tempos.As habilidades motoras, desenvolvidas num contexto de jogo, de brinquedo, de universo da cultura infantil, de acordo com o conhecimento que a criança já possui, podem se desenvolver sem a monotonia de atividades propostas por alguns professores. Talvez não se tenha atentado para o fato de que jogos, como amarelinha, 5 Marias, pegador, cantigas de roda têm exercido, ao longo da história, importante papel no desenvolvimento das crianças”.

Para a professora Marcia Zani Botton, “Um campeonato desses incentiva os alunos, futuros pedagogos a resgatarem com os alunos brincadeiras que não precisam ser compradas e, de forma lúdica, desenvolvem a motricidade ampla e fina, coordenação viso-motora, espírito de equipe e cooperação”.

Os alunos participantes deixaram seus depoimentos:

“Foi interessante, porque foi algo diferente. Houve a integração entre os cursos” (Lisiane, Ângelo, Wéslei e Dener. Acadêmicos de Educação Física).

“Foi uma experiência ótima. Era uma brincadeira que o grupo não conhecia. Envolve participação de todos, paciência, atenção e coordenação. Enfim, foi um bom aprendizado para nós, futuros professores. Levaremos o jogo para dentro da sala de aula” (Luana M, Emília, Lucas e Joel. Acadêmicos de Educação Física).

Segundo as acadêmicas do Nível I, Érica, Flávia e Simone, “Hoje foi um grande desafio prá nossa equipe, pois não sabíamos jogar e ainda fomos a primeira equipe a jogar. Infelizmente fomos desclassificadas, mas é de muita importância a participação de todos que se envolveram. Estamos muito felizes por ter aprendido e participado. Agradecemos a oportunidade”.

A Pedagogia II, organizadora do evento, participou com 4 equipes. “Foi um jogo de grande aprendizado” (Fabiana, Karine, Martina, Tiago); “Achamos o campeonato maravilhoso. A integração entre as turmas e alunos foi muito importante” (Alana, Taluana, Vanda); “O jogo é interessante, pois existem regras que devem ser seguidase todos podem jogar” (Salete, Patrícia, Simone J, Simone, Rudinei); as alunas Thais e Márcia foram as juízas do campeonato. “De nossa parte foi divertido e atrativo. Conseguimos nos organizar com as regras e fomos imparciais com as equipes. Ficamos muito contentes com a participação dos alunos dos dois cursos, que foram colaboraram conosco. Esperamos dar continuidade ao Campeonato no próximo semestre” (Márcia e Thais).

A Pedagogia IV contribuiu: “A atividade realizada pela turma foi bem organizada e coordenada. [...] resgatou o lúdico de forma prazerosa” (Beatriz, Celine e Maiara); “O jogo das 5 Marias foi uma descoberta, pois aprendemos a jogar minutos antes do campeonato. Integrou o grupo” (Daiane, Larissa, Loriane, Taline, Vanessa).

Segundo as acadêmicas do Nível VI, “Foi uma iniciativa bem criativa da Pedagogia II resgatar uma brincadeira antiga [...], que pode ser feita em casa e desenvolve a motricidade viso-manual, a estratégia, agilidade, concentração, além de ser divertida” (Graciela).

Após o término do campeonato, as 5 Marias confeccionadas foram entregues pela professora Marcia Zani Botton para a Professora Mônica Telli M. da Silva, professora do curso de Educação Física, que repassará para a escola Pedro Herrerias.

ISO 9001